fbpx

SEMANA SIPAT – Reciclagem e economia de materiais de escritório

Quando falamos em meio ambiente e sustentabilidade, hoje em dia muitas empresas já prestam atenção nas atitudes dos seus colaboradores e reconhecem as pessoas que adotam práticas sustentáveis relacionados a reciclagem e economia de materiais de escritório.

Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira – CRM 9388 / RQE 2872

Reciclagem e Economia de materiais de escritório
Reciclagem e Economia de materiais de escritório

Quanto mais você reduzir o consumo, reutilizar o que ainda for aproveitável e reciclar o que puder ser reciclado, menos você precisará comprar, reduzindo a extração de matérias-primas da natureza, a poluição causada pela distribuição e compra dos produtos e a quantidade de materiais enviados aos aterros sanitários.

Se pararmos para pensar na quantidade de coisas em perfeitas condições de uso e que jogamos fora sem motivo aparente – como pastas, envelopes e até clipes – veremos como podemos economizar, trazendo benefícios para o ambiente de trabalho e para a natureza.

Conheça Os R’s do Conceito Lixo Zero:

REPENSAR: acabar com a ideia que resíduos são sujos. Não descartar no lixo comum ou misturar materiais que poderiam ser reciclados.

REUTILIZAR: diversos objetos e materiais podem ser utilizados de outra maneira antes de serem encaminhados para a reciclagem, por exemplo: usar uma folha de papel dos dois lados.

REDUZIR: gerar o mínimo possível de lixo. Ao invés de lixeiras, residuários e contentores para acomodar os materiais.

RECICLAR: aproveitar a matéria prima do resíduo para fabricar o mesmo ou outro tipo de produto, sem encaminhá-lo para aterros.

Reciclagem e Economia de materiais de escritório
Reciclagem e Economia de materiais de escritório

Boas práticas de uso e consumo

Visando alcançar a sustentabilidade em todo o ciclo de vida dos produtos adquiridos, após traçadas as diretrizes e elaboradas as especificações técnicas, lista-se as boas práticas sustentáveis de uso e consumo que devem ser adotadas no dia-a-dia com os materiais de escritório.

  • Trabalhe com arquivos digitalizados: cada vez mais empresas estão substituindo o uso de materiais impressos por arquivos digitais. Além de ser uma opção mais econômica, o uso desses formatos ajuda a reduzir o lixo no escritório, diminuindo a demanda por papel e contribuindo com a preservação das florestas. Ou seja, opte por enviar documentos de forma digitalizada, reduzindo a impressão. Isso pode ser feito utilizando a opção scanner das impressoras multifuncionais, que permitem o envio direto de documentos digitalizados por email;
  • Mantenha sua mesa organizada: em uma mesa desorganizada, é fácil perder materiais de escritórios como canetas, lápis, documentos, clipes, etc. A perda constante desses objetos gera uma demanda por novos materiais, aumentando os custos operacionais da empresa e a quantidade de recursos que poderiam ser poupados. Uma forma de reduzir o lixo é, justamente, evitando a aquisição de produtos desnecessários. Logo, manter a mesa organizada é uma excelente estratégia para evitar a perda de objetos e favorecer a utilização consciente dos materiais.
  • Usar preferencialmente a função “duplex” (frente e verso) na impressão de documentos, reduzindo o consumo de papel. Para papéis que não foram impressos frente e verso podem ser reutilizados como rascunho. Uma ideia é encadernar pequenos montes de papéis usados e que seriam descartados para produzir blocos de rascunho que podem ser utilizados pelos funcionários para fazer anotações, acompanhar reuniões, etc.
  • Fazer revisões e correções na tela do computador, antes da impressão;
  • Reutilizar embalagens para evitar a geração de resíduos;
  • Guardar clipes e gominhas para reutilização;
  • Antes de descartar o papel rasgue-o ou dobre-o ao invés de amassá-lo;
  • Deixe tudo separado: fique certo de que os materiais reutilizáveis estejam em caixas ou organizadores específicos, diferenciando eles dos produtos tradicionais. Isso fará com que as pessoas tenham certeza de que estão fazendo a escolha correta e contribuindo com a saúde do planeta.
  • Comunique-se: mande um e-mail para seus colegas informando sobre a nova prática, mostrando seus benefícios e incentivando a adesão de todos.
  • Converse com as pessoas sobre o que elas realmente precisam e o que pode ser dispensado. Muitas vezes agimos por impulso e gastamos materiais de forma desnecessária. Tudo bem que seu profissionalismo impecável não permita enviar uns documentos para um cliente em uma pasta um pouquinho gasta, mas usá-la dentro da própria empresa não fará mal algum.
  • Tenha lixeiras adequadas para cada tipo de lixo: o modo mais eficiente de tratar o lixo dentro do escritório é enviar os resíduos para a reciclagem. Dessa forma, o que seria simplesmente descartado em aterros sanitários pode ser recuperado pela indústria e reinserido no processo produtivo como matéria-prima.
    Use lixeiras adequadas para cada tipo de resíduo descartado, evitando que alimentos e produtos orgânicos sejam misturados com materiais recicláveis. É preciso despertar a consciência dos funcionários para os cuidados necessários na hora de realizar o descarte. Hábitos como jogar copinhos com resto de café em lixeiras destinadas a resíduos recicláveis secos ou amassar papéis antes de descartá-los precisam ser deixados de lado para não inviabilizar a reciclagem desses materiais.
Reciclagem e Economia de materiais de escritório

A Importância da Reciclagem Para o Meio Ambiente


Médicos de Olhos S.A, Um Olhar de Confiança!

Gostou do artigo? Inscreva-se e nunca perca uma atualização

Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a saber, através do seu e-mail, sempre que publicamos uma nova notícia no portal.