Glaucoma

Uma das principais causas de cegueira irreversível no mundo, o Glaucoma trata-se do aumento da pressão intraocular que pode ocasionar lesão aos olhos se não for tratado no tempo certo. A pressão intraocular aumentada pode comprimir os vasos sanguíneos que nutrem as sensíveis estruturas visuais do fundo do olho. Devido à falta de irrigação sanguínea, as células nervosas da retina e o nervo óptico vão morrendo provocando perda progressiva da visão e estreitamento do campo visual.

Sintomas

O Glaucoma é uma doença silenciosa e na maioria das vezes, não apresenta sintomas no início. Isso acontece pelo fato de que a pressão ocular costuma aumentar progressivamente, sendo que, na maioria dos casos, os pacientes não sentem dor, baixa de visão ou qualquer outro sintoma.

No estágio inicial, o glaucoma acomete a visão periférica, ou seja, a pessoa não perde a visão exatamente onde fixa ou olha diretamente, mas, sim, nas laterais do ponto de fixação, o que torna a percepção da perda de visão difícil de ser notada. Por fim, o paciente enxerga como se estivesse olhando por um tubo no, sem qualquer visão lateral ou periférica, até perder, gradativamente, a visão central, levando à cegueira total e definitiva.

De modo geral, a doença aparece com mais frequência a partir dos 40 anos, mas pode ocorrer em qualquer faixa de idade, dependendo da causa que provocou a pressão intraocular mais elevada. A falta de tratamento adequado para a doença pode levar à cegueira.

Tratamento

O glaucoma é uma doença crônica que dura toda a vida, e é necessário que o paciente faça acompanhamento e tratamentos contínuos para manter a pressão intraocular controlada, evitando a perda da visão. Quanto mais rápido o diagnóstico para o tratamento da doença, menor a perda.

Geralmente são indicados colírios específicos para baixar a pressão ocular e evitar a lesão no nervo óptico. A escolha do colírio irá depender do tipo de glaucoma e, na maioria das vezes, pode ser necessário o uso de mais de um medicamento para o adequado controle da pressão ocular.

No entanto, o melhor tratamento é a prevenção. O glaucoma é identificado mediante um cuidadoso exame realizado pelo oftalmologista, que compreende um procedimento simples e indolor para medir a pressão ocular.

O corpo clínico do Médicos de Olhos S.A possui oftalmologistas especialistas nesta área, além de equipamentos modernos, com alto nível de precisão no diagnóstico para indicação do melhor tratamento aos pacientes.