fbpx

Cirurgia de catarata: quanto mais cedo, melhor

Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira – CRM 9388 / RQE 2872

Não é preciso esperar a condição evoluir, cirurgia precoce a laser é segura e tem bons resultados

Todos os anos, o Brasil registra em média 120 mil novos casos de catarata. A doença é a causa mais comum de cegueira – 769 mil brasileiros já perderam a visão por conta dela. O dado chama a atenção porque a cegueira por catarata é evitável, basta uma cirurgia a laser para que o paciente volte a enxergar perfeitamente: “As técnicas cirúrgicas na oftalmologia evoluíram muito nos últimos anos. Antes o cristalino era retirado inteiro de dentro do olho, necessitando de uma incisão grande para a extração e para o implante da intraocular”, explica o Dr. Jeferson Adriano Druszcz (CRM 15258 | RQE 8170), cirurgião oftalmologista da Médicos de Olhos S.A. Diante disso, muitas pessoas acreditavam que era melhor esperar a catarata “ficar madura”, ou mais avançada, para ter resultados melhores com a intervenção.

O cenário hoje é bem diferente. A cirurgia é feita com o uso do laser de femtosegundo, sem cortes grandes e as lentes entram com injetores por meio de uma minúscula incisão, sem necessidade de pontos. O procedimento dura 90 segundos e a cirurgia toda não leva uma hora. E o melhor: pode (e deve) ser feita o quanto antes, assim que o paciente tem o diagnóstico do oftalmologista.

Um levantamento do DATASUS indica que, ao contrário de crendices, a catarata não aparece somente em idosos – 17% dos casos analisados pela pesquisa eram em pessoas entre 55 e 65 anos. Há, ainda, a catarata congênita, que responde por 40% dos casos de cegueira na infância. “Por isso cada vez mais estamos operando cataratas incipientes”, completa o Dr. Jeferson. São casos em que, apesar do diagnóstico, a doença ainda não afeta a visão do paciente. E aí vale a máxima: quanto antes o problema for resolvido, melhor.

Cirurgia precoce elimina o uso de óculos

O uso do laser em cirurgias oftalmológicas ganhou mais fama graças à cirurgia refrativa para correção de miopia. Para se livrar dos óculos, 158 mil pessoas passaram pelo procedimento – isso somente pelo SUS, e o dado mais recente é de 2018.

Mas o laser não tem apenas a função estética de eliminar os óculos. No caso da cirurgia de catarata, é uma questão de saúde. O número de procedimentos caiu 38% de 2019 para 2020, segundo o DATASUS. “A falta de consultas e exames junto ao oftalmologista pode acelerar a piora da catarata e trazer alterações graves para a retina”, ressalta o Dr. Jeferson, que completa: “O uso de alguns medicamentos, como os corticoides, também pode adiantar a evolução da doença”.

A Médicos de Olhos S.A quer que mais gente possa melhorar a qualidade de vida pela visão – a empresa tem um plano oftalmológico próprio e de baixo custo, o Família Mais. É possível fazer cirurgias de catarata a laser com alta tecnologia e equipe especializada: “Com as cirurgias atuais, a segurança é muito grande, o objetivo, além de retirar o cristalino envelhecido, é deixar o paciente menos dependente do uso de óculos; com lentes intraoculares que trazem visão para longe, intermediário e perto”, encerra o Dr. Jeferson.

Diretor Técnico: Dr. Hamilton Moreira – CRM 9388 | RQE 2872


Médicos de Olhos S.A, Um Olhar de Confiança!

Encontre-nos nas redes sociais:

         

 

Gostou do artigo? Inscreva-se e nunca perca uma atualização

Preencha o formulário abaixo e seja o primeiro a saber, através do seu e-mail, sempre que publicamos uma nova notícia no portal.